• CENTROECO

A enxaqueca afeta 30 milhões de pessoas no Brasil.

Atualizado: Mar 4



A dor da enxaqueca em geral é latejante e unilateral e pode mudar de lado. Dependendo da intensidade da crise, a pessoa pode ficar impossibilitada de realizar suas atividades comuns e, em dores mais intensas, pode desenvolver sintomas como intolerância à luz, aos barulhos e a cheiros, além de náusea e vômito.


Como existem dezenas de subtipos de dor de cabeça (cefaleia), sabe-se que 90% da população mundial sofrerá com essa dor em algum momento da vida.

O exame de Ressonância Magnética serve para descartar outras doenças, como sinusite, meningite, aneurisma, tumor cerebral, entre outros. O exame permite uma avaliação mais detalhada do parênquima encefálico, produzindo imagens muito claras do cérebro sem o uso de radiação.